© LL Contábil Ltda 2013
Nota Fiscal Eletrônica para consumidor final terá padrão GS1  A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil aguarda agendamento – até o  fim deste ano pela Receita Federal e secretarias estaduais da Fazenda – da cerimônia  nacional de lançamento da Nota Fiscal Eletrônica para o Consumidor Final (NFC-e).  Depois de passar por testes em projetos-piloto em alguns estados, a tecnologia será  apresentada ao País e será adotada por todos os estados da Federação. O objetivo do lançamento oficial da NFC-e é mostrar a importância do  documento eletrônico e estimular sua adoção em todo Brasil. "A emissão da NFC-e é  uma das aplicações que contou com a colaboração efetiva do código de barras padrão  GS1, uma solução implantada no Brasil há 30 anos que segue em constante evolução", destaca João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-  GS1 Brasil. Outra inovação é o uso do QR Code. Graças à tecnologia, a nota não  precisa ser armazenada em papel. Basta fazer a leitura do código via smartphone ou  tablet para ter as informações armazenadas. O cliente também poderá optar por  receber tudo via e-mail.   Além dos benefícios para o consumidor, como a consulta em tempo real de suas notas fiscais, sem a necessidade de acumular papel, a tecnologia também traz  vantagens para o fisco, com aumento da arrecadação, e para as empresas, com a  redução de custos com automação.  Hoje, mais de 70 emitem o documento eletrônico, mesmo com a adesão  voluntária, o que mostra o interesse das empresas em migrar para o novo sistema,  considerado mais econômico, moderno e ágil. Fonte: Paraíba Total  As matérias aqui apresentadas são retiradas da fonte acima citada, cabendo à ela o crédito pela mesma.  Artigos Anteriores  Brasil ID